Search
Sunday 4 December 2016
  • :
  • :
Dicas de moda, roupas, musculação, informática, passagens, promoções e muito mais               

Fazer pickles caseiros

PICKLESIngredientes:
1 couve-flor
2 cenouras
8 feijões verdes
1 pimento verde ou vermelho
8 cebolinhas
1 l de vinagre de vinho branco (de boa qualidade)
1 malagueta

Escolha e lave os raminhos da couve flor e separe-os em pequenos floretes.
Descasque e lave as cenouras e corte-as em rodelas grossas, com a ajuda de um cortador de batatas frisado.
Lave os feijões verdes e corte-lhes as pontas. Abra-os ao meio, longitudinalmente (no sentido do comprimento) e, se forem compridos, corte-os ao meio.
Descasque e lave as cebolinhas.

Todos estes legumes devem ferver durante os tempos exactos que a seguir se indicam:
Couve-flor, 1 minuto.
Cebolinhas, 1 minuto.
Cenouras, 1 minuto.
Feijão verde, 30 segundos.
Depois de ferver cada um, retire com um passador e passe debaixo da torneira da água fria, para arrefecerem ràpidamente e ponha-os a escorrer sobre um pano enxuto.
O pimento deve ser ligeiramente assado para lhe retirar a pele. Depois lave-o e corte-o em tiras grossas
(também pode utilizar sem ser pelado).
Depois dos legumes frios, coloque-os em camadas dentro de frascos.

Ferva a quantidade de vinagre que achar necessária para os cobrir e deite-a sobre os legumes.
No dia seguinte, escorra o vinagre para um tacho e ferva-o novamente e volte a cobrir com ele os pickles; devem ficar bem cobertos. Junte-lhes uma pitada de sal e a malagueta. Depois de frios, tape bem os frascos e, ao fim de 4 semanas, estão prontos a ser utilizados.
Se preferir, pode separar os legumes fazendo diferentes variedades de pickles, não misturados.

Notas:
– Só precisei de metade da couve flor, para encher esse frascão.
– Cortei a cenoura às rodelas normais, porque deixei o cortador frisado na aldeia.
– Como o marido não gosta de pimentos, pus um pimento vermelho que tinha no congelador (o aroma é menos intenso) e não tirei a pele.
– Tive dificuldade em encontrar cebolinhas e comprei das mais pequenas. Depois, com a faca fui “descascando” até ficarem mais pequeninas. (As sobras foram para a sopa do jantar, he,he)!
– Servi-me do temporizador do micro-ondas para cronometrar os segundos.
– Num tacho grande com a água a ferver, fui mergulhando: a couve-flor, depois o feijáo verde, e de seguida a cenoura. Despejei a água e fervi outra para as cebolas. Segui os tempos exactos. Já tinha à mão uma taça grande com água fria onde arrefeci os ingredientes, entre cada fervura. Fiz isto para não misturar os sabores (da cebola) nem as cores (da cenoura).
– Podem usar os frascos grandes do café (tipo Tofina ou Mukambo), ou dos mais pequenos de boca larga.
Este da foto foi uma herança da minha saudosa Sogra.
– No dia seguinte acrescentei mais 1 dl de vinagre ao que escorri do frasco antes de o pôr a ferver de novo.É que os ingredientes absorvem algum e convém que o vinagre depois de fervido os cubra bem.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *