Search
Thursday 8 December 2016
  • :
  • :
Dicas de moda, roupas, musculação, informática, passagens, promoções e muito mais               

Rosas: Como Cultivar, Plantar Roseira, Praga, Adubo, Rega

como-cultivar-rosas-poda-rega-adubação-roseira-florida--300x225As rosas podem ser cultivadas em varandas de apartamento, quintal, em vasos, desde que a temperatura seja entre 17° C a 25° C, num ambiente iluminado e se possível, com sol direto por em média 6 horas.

Se for plantar no chão ou no vaso, a profundidade ideal é de no mínimo 30 cm, para que as raízes cresçam e absorvam os nutrientes e umidade necessária e a largura para uma muda de rosa é de 25 cm, podendo se o vaso for maior, tipo jardineira, colocar mais de uma muda no mesmo vaso.

Após escolher o vaso, a dica é que elas sejam plantadas em um solo com bastante composto orgânico e boa drenagem. Uma boa mistura para plantio de rosas é feito com duas partes iguais de terra orgânica e humus e 1 parte de areia.

Coloque no fundo do vaso brita e se possível um pedaço de geomanta ou manta bidim para melhorar a escoação da água.

O plantio das rosas podem ser feito em terra preparada ou substratos que podem ser usados sozinho ou com areia. Em lojas especializadas em jardinagem você vai encontrar o substrato com matéria orgânica, a manta bidim e outros materiais para plantio das rosas.

Escolha a muda que mais gostar, que deve estar sadia e plante.

As regas devem ser feitas na base do caule, evitando molhar as flores e folhas, para não surgir fungos. Após plantar as regas devem ser diárias até surgir a primeira floração. Depois regue duas vezes na semana em dias quentes e uma vez em dias frios. Evite que a terra fique encharcada e de preferência pela manhã, antes do sol forte, melhorando a floração.

Para adubar as rosas, o recomendado é duas a três vezes ao ano, sendo uma após a poda e a outra no final do ano, entre novembro e dezembro. A poda da rosa deve ser feita no mês de julho o mais tardar em agosto. É importante seguir as recomendações do fabricante da adubação que comprar, nem mais e nem menos para não estragar a planta.

Após cada floração, é feita uma poda mais simples, de limpeza, cortando o caule em média três folhas abaixo da rosa, em diagonal com tesoura de jardinagem afiada, sem esmagar para evitar a entrada de fungos.

Soluções caseiras simples, como chá de fumo ou outros inseticidas próprios para roseiras compradas em casas de produtos de jardinagem combatem pragas e fungos.

A umidade em excesso provoca contaminações de fungos e outras pragas.

O excesso de calor adianta a floração e o frio atrasa a floração da roseira.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *